Pular para o conteúdo principal

Você está preparado para alcançar o sucesso?

Existem 4 pilares fundamentais e isso tem nada haver com fórmulas ou métodos a serem aplicados.


Por mais óbvio que pareça, temos sempre que refletir de forma sincera se estamos verdadeiramente trilhando um bom caminho, de forma que não há meia resposta. São 4 perguntas que ou é 100% sim, ou é não e, se for um não, você precisa urgentemente rever suas prioridades. Vamos aos 4 pilares básicos para os nossos negócios:


1 - Você gosta do que faz? 

Se você titubeou em responder sim ou precisou pensar, provavelmente você está com problemas. Não existe qualquer possibilidade de termos sucesso fazendo algo que não gostamos e que não nos traz algum prazer. Esse é o princípio fundamental em qualquer negócio. Claro que você não precisa ficar radiante toda segunda-feira pela manhã, mas gostar do que faz será determinante, principalmente para quem é líder de equipe ou responsável por decisões. Gostar do que fazemos nos incentiva e nos estimula para usarmos o nosso maior potencial de agir. Caso contrário, não gostar do que fazemos, nos manterá em um estado passivo, incapaz de lutar, o que inevitavelmente nos leva ao caminho do marasmo e infelicidade, seja em nossos negócios ou em nossa vida pessoal, o que muitas vezes, é a mesma coisa. Dificilmente alguém frustrado em sua carreira vai conseguir ser diferente na sua vida pessoal. Portanto, sua resposta precisa ser sim! Eu gosto muito do meu trabalho. Vamos para a segunda pergunta: 


2 - Você é bom no que faz?

A maioria das pessoas acha que sim, e você? Afinal se eu gosto do que faço eu certamente faço bem feito. Isso na verdade não funciona assim. Fazer bem algo requer estudo e prática constantes. Aprimoramento é uma obrigação “Ad Eternum” para todas as pessoas em todas as áreas e atividades da vida. Seja cozinhando, lavando, guiando um carro, conversando, criando filhos, desenvolvendo a religiosidade e, é claro, nos negócios, precisamos sempre melhorar. Esse é, na verdade, um dos objetivos básicos da vida. Precisamos gostar do que fazemos e buscarmos sempre o aprimoramento para desempenhar o melhor possível no trabalho.


3 - Seu trabalho gera valor? 

Primeiramente explico que o trabalho tem basicamente 2 possibilidades: Gerar valor ou servir ao capital. O único propósito que o nosso trabalho deve ter é gerar valor para outras pessoas e para o bem comum como um todo. O dinheiro é sempre bem vindo, mas ele precisa ser uma consequência e não um fim. Se nosso trabalho tem o objetivo de gerar renda e mais nada, certamente não gostaremos do que estamos fazendo, não seremos bons no que fazemos e ainda que tenha gerado bons lucros, isso não vai se sustentar por muito tempo. Isso não é uma lição filosófica da vida ou algo parecido. Seu cliente só vai comprar ou fazer algo com você se isso gerar valor para ele e com um preço justo. O tempo em que os empresários davam as cartas acabou faz tempo e agora, são os clientes quem ditam as regras do jogo. E eles saberão se você está interessado em fazer o melhor por eles ou só quer dinheiro. Saberão se as necessidades dele são realmente seu objetivo ou se eles são meros canais para lhe gerar dinheiro. Isso também vale para nossas vidas, sabemos quando alguém gosta de nós e está disposto a nos ajudar ou quando o único objetivo é o interesse em algo que temos a oferecer. 


4 - Como você organiza o seu negócio?

Muitas pessoas abrem suas empresas e confiam no instinto para tocar o negócio. Isso não funciona. Se você não tiver um sistema eficiente, ainda que seja uma planilha, você não vai conseguir. Seu concorrente que obteve o maior sucesso e crescimento certamente usa um sistema de gestão integrado e é fundamental que façamos o mesmo. Organizar-se é: 

- conhecer melhor os clientes;
- organizar o estoque de forma eficiente e funcional;
- otimizar o trabalho economizando tempo nas tarefas;
- tomar decisões mais rápidas e acertadas;
-  melhorar o atendimento agilizando as vendas e fidelizando os clientes;
- criar forma mais eficientes para os processos internos da empresa;
- fazer a gestão financeira de forma clara e descomplicada;
- estar em dia com as obrigações tributárias; 
- economizar recursos cortando despesas e melhorar os investimentos.


Claro que esses são só alguns motivos para se ter um sistema integrado de gestão. Um negócio devidamente organizado tem muito mais chance de obter êxito e isso é possível pois a informação é essencial e, saber lidar com ela vai determinar o futuro dos seus negócios. 

Em que barco você está?

Podemos aplicar os 4 pilares para seu negócio comparando-os com um barco e o oceano. Se você não gosta do que faz, certamente não se dedica, não gera valor e não está organizado, é como estar em um barco a deriva no meio do oceano. Você não sabe o que fazer, não sabe para onde vai e dificilmente vai estar bem quando chegar. Já, se os 4 pilares estiverem firmes em seu negócio, você pode estar no meio do oceano, mas tem equipamentos, determinação e objetivos claros para certamente chegar com o menor esforço onde e quando você planejou. É a diferença entre a vida e a morte do seu negócio.

     

Comentários